Sair de férias com as crianças – que preocupações e cuidados tomar?

Texto de opinião

 

Enfim, férias ! Descanso, lazer, calor, sol, praia e piscina!!!

Mas para quem tem filhos pequenos também pode ser sinónimo de viagens complicadas , enjoos na estrada, alimentação desequilibrada, gastroenterites, bagagem enorme para poucos dias, carregar tralhas e voltar mais cansada do que se foi !!!

É importante então se programar bem antes de sair de férias com os pequenotes.

E tudo começa com a escolha do destino de férias:

  •  Leve em consideração o tempo para chegar ao local. Os pequenos ficam impacientes com longas distância.
  • Procure se informar com antecedência sobre o local (hotel, pousada ou resort): informe-se sobre as atividades disponíveis para os pequenos de diferentes idades, a oferta de alimentação variada e as infraestruturas oferecidas; verifique também se há camas extras específicas para elas ou berços disponíveis.
  • Sobre a documentação, saiba que crianças também precisam de vistos e passaportes. Caso esteja a programar uma viagem para fora do país, prepare toda a documentação com antecedência!

Para evitar indisposições, uma gastroenterite ou até um intoxicação alimentar, verifique sempre a qualidade dos alimentos servidos e não fuja muito do que a criança está acostumada a comer. Até que você conheça bem o local onde está, evite produtos como lanches naturais, frutos do mar, salame e fiambre.

Verifique se perto de onde você ficará há farmácias e hospitais na redondeza, com recursos médicos para atender a criança em caso de emergência.

A escolha do meio de transporte também deve seguir alguns cuidados.

 

Se for viajar de carro:

  • verifique o estado do veículo, pneus, óleos,seguro,etc; ou faça uma revisão no mecânico para evitar contratempos na estrada;
  • programe-se para parar a cada duas ou três horas para descansar. É o tempo médio que as crianças pequenas suportam imóveis no carro;
  • leve consigo frutas, líquidos e alimentos leves para serem consumidos durante a viagem;
  • um  ou mais brinquedos também são úteis para destruir os pequenotes;
  • o movimento do carro, autocarro e avião pode provocar enjoos e náuseas. Um remédio antiemético pode ser eventualmente prescrito por um médico.

 

Se for viajar de avião:

  • lembre-se que crianças têm descontos especiais nas passagens aéreas, então confira com a companhia aérea;
  • se a viagem for longa, prefira voos noturnos e solicite o menu especial para crianças;
  • é mais importante hidratar do que alimentar a criança a bordo. Ofereça lanches leves e muitos  líquidos;
  • as mudanças de pressão a bordo do voo, o fuso horário e o clima podem causar dores de cabeça e de ouvido, leve consigo o analgésico que a criança está acostumada a usar;
  • na descolagem e aterragem é comum sentir pressão e dor nos ouvidos; para o alívio deste incómodo, oriente a criança maior a fazer o movimento de abrir e fechar a boca ou mascar uma pastilha elástica. No caso de crianças pequenas, elas podem mamar no peito da mãe ou no biberão.
  • Se na véspera do embarque a criança estiver constipada, é contraindicada a viagem de avião. O desconforto respiratório fará com que a criança senta mais dor de ouvido.

 

Ao preparar a mala, observe os seguintes cuidados:

  • Evite excesso de peso na bagagem e procure deixar uma bolsa ou mochila exclusiva para cada criança.
  • Às vezes os pais não querem levar muita bagagem e esquecem que é importante para a criança ter uma referência da casa, além de ser uma forma de distraí-las.Lembre-se de levar alguns brinquedos preferidos para a viagem.
  • Leve também uma muda de roupa para a criança na mala de mão, para o caso de algum imprevisto.
  • Prepare um kit de primeiros socorros com os medicamentos para febre e dor que costuma usar, além de soro fisiológico, pensos para feridas, pomadas para assaduras, repelentes para insetos… E não se esqueça do protetor solar e da loção hidratante!
  • Quem vai viajar com bebés, deve levar carrinhos leves e práticos, bolsas equipadas com biberões, chupetas, fraldas, toalhitas , etc.

 

Observe também as condições de saúde da criança antes de viajar:

  • Algumas semanas antes da viagem, vá a um pediatra ou ao médico de família e certifique se está tudo bem ou se há alguma recomendação especial.
  • Aproveite para pedir as receitas dos remédios que convém levar.
  • Verifique se as vacinas estão todas em dia, se não estiverem, aproveite para atualizar .
  • Se for para o exterior, procure um centro de saúde do viajante para verificar se há vacinas recomendadas ou obrigatórias para o destino escolhido.

 

Pronto, já está !

Agora pode sair e curtir suas férias em família !

Boa viagem !

 

 

Publicado a 16 de julho de 2014

Veja o que a nossa comunidade está a dizer sobre este tema e comente! Comentar